segunda-feira, 26 de outubro de 2009

E QUER SABER...

Eu não queria ser tão direta não. É que às vezes a gente fica sem escolha mesmo, e aí, não tem jeito, ou você fala ou você fala. Sempre fui de contemporizar, contornar mesmo a situação, essa coisa de ser dada à compreensão, empatia, o diabo, mas cansei dessa cordialidade toda. E quer saber, foi num rompante abri a porta e....

8 comentários:

  1. E quer saber? Eu sou egoista, muito mais egoísta do que você pensa. Eu não faço nada por você, eu faço por mim. Eu venho aqui porque eu sinto vontade, e não porque você me chama. Eu gosto disso,assim, paixão solta e brusca,tesuda. Não me venha com síndrome de fidelidade, de ser só meu (ou só minha,tanto faz), pelo amor de Deus, não me responsabilize pela sua felicidade.

    ResponderExcluir
  2. ufa!!!consegui, mas tinha minhas dúvidas , não é pra menos, a vida toda me segurando,no começo titubiei um pouco, mas depois ganhei força, e a queima roupa saiu isso tudo.
    Alma lavada!!! os pingos nos "is",agora sim poderíamos nos entender.
    Foi quando nossos olhares se cruzaram que percebi...

    ResponderExcluir
  3. a sua expressao de culpa, algo que eu disse teve algum efeito nele, ele abriu a boca para falar, mais fechou de novo, abriu novamente e mais uma vez o silencio, na terceira vez que a abriu sussurou inaldivelmente "eu nao sou feliz" e fechou-a novamente...

    ResponderExcluir
  4. E disse tudo sem tropeçar,sem ensaio.
    Fugi da inércia submissa e me revirei
    em tons sem soluços.Sem pausa,eu?
    acredito que mudei de signo.Claro que mudei de signo ,nasci de novo,
    Criei a força do tempero,acidez necessária para realçar a doçura.
    Êle tornou-se espanto,acuado pelo específico,explícito dissabor.
    -Quem sabe o que se passou no intervalo ínfimo da intempérie fresca das palavras regorgitadas?

    ResponderExcluir
  5. Nenhum homem suporta tanta independência. Eles não sabem o que fazer com o tesão, simples e objetivo de uma mulher. Sentiu-se oprimido e imcompetente. Esperava uma lágrima, um destempero, mas tudo que teve foi, a verdade. Eu não te amo, apenas te desejo.
    E quer saber...

    ResponderExcluir
  6. que tal um bom vinho? Esquecemos tudo... o espanto,o egoísmo, as dúvidas, a culpa, a minha, a sua, a do mundo , da nossa pequenez..das nossa misérias...o que queremos e o que não queremos, o que podemos... e principalmente o que não podemos.
    Que tal? Parece bom, começarmos assim do zero.

    Vem cá! vem! quer saber...

    ResponderExcluir
  7. adoro sua companhia, estar perto de voce me tira as pressoes do mundo.
    vamos beber! sorver o alcool e depois transar. voce gosta nao é? feliz ou nao, nao acho que vai negar, vai? me faça feliz, mesmo que seja pelos poucos segundos de meu orgasmo!
    assim bom menino, como todo homem, voce é fraco pela carne, e eu como toda mulher temo a solidao, venha me aqueça em teus braços.

    Fim.

    ResponderExcluir